• Câmara cíclica para congelados;

  • Câmara para refrigerados;

  • Câmara com temperatura/umidade relativa variáveis para alimentos mantidos em temperatura ambiente.

Para solicitar um orçamento de Estudo de Shelf Life,  entre em contato conosco aqui

Câmaras Climáticas para Testes de Estabilidade

(Shelf Life)

Estudos de Shelf Life Acelerado de Alimentos, Bebidas e Ingredientes

O shelf life ou "vida de prateleira" de um produto alimentício é o período de tempo decorrido entre a produção e o consumo, no qual este “tempo” se caracteriza pelo nível satisfatório de qualidade avaliado pelo valor nutritivo, sabor, odor, textura e aparência. Os principais parâmetros envolvidos no estudo e estimativa da vida de prateleira são:

 

  • qualidades sensoriais ou estéticas, tais como cor, sabor, aroma, textura/crocância e aparência geral, alterados por reações físico-químicas;

  • valor nutritivo, avaliado pelas concentrações de proteínas, vitaminas, sais minerais, etc, também passíveis de alterações por reações físico-químicas;

  • crescimento microbiano;

  • ação enzimática;

  • infestação de insetos.

 

Os estudos de estimativa da vida de prateleira podem ser realizados nas condições de conservação normais, ou seja, à temperatura ambiente, resfriado ou congelado. Para um alimento que possui uma vida de prateleira de meses ou até anos, pode-se fazer um estudos de vida de prateleira acelerado, no quais são usadas temperaturas e umidades relativa do ar (UR) mais elevadas, de forma a “acelerar” as reações físico-químicas responsáveis pelo envelhecimento do produto.

Para estes estudos a Food Intelligence dispõe de estufas climáticas programáveis que podem trabalhar a temperaturas que variam da ambiente até 50º C e UR do ar de 30 a 90%. Por exemplo, produtos lácteos embalados em materiais permeáveis ao vapor de água e ar, quando mantidos uma semana a 37º C e UR do ar de 70% experimentam um envelhecimento igual ao que passariam se estivessem mantidos a temperatura ambiente por um mês.

De forma semelhante dispomos de uma conservadora cíclica (freezer) e uma geladeira programáveis,  para estudos semelhantes de produtos conservados congelados ou resfriados, respectivamente.

Estes equipamentos (estufas, conservadora cíclica e geladeira programáveis) também são usados em estudos para avaliação de embalagens submetidas em condições de stress, por exemplo, àquelas usadas em produtos/alimentos  comercializados em regiões de temperatura e UR do ar elevadas, tais como as observadas na Amazônia.